"A expressão de Mateus 19.24 'fundo duma agulha' ou 'buraco duma agulha' é literal ou simbólica?"



O contexto desse passo bíblico trata de um jovem rico que amava tanto as suas ri¬quezas que elas lhe serviam de impedimento. A mensagem é clara. Os indivíduos de mentalidade materialista que consomem a vida procurando adquirir bens materiais, só encontram satisfação nas riquezas ou na busca delas; e somente em casos raríssimos é que chegam a se importarem com as questões espirituais para encontrar a vida eterna. Porém, seria um erro aplicarmos o texto somente aos ricos, porquanto o materialismo tem realizado a sua devastação moral até mesmo entre os pobres. Ao falar sobre a impossibilidade desse tipo de pessoas entrarem no reino de Deus, Jesus pregou a ilustração que é a impossibilidade de um "camelo passar pelo buraco de uma agulha". Alguns têm imaginado que o buraco de agulha referido fosse uma portinhola, no muro de Jerusalém, através do qual pudesse passar finalmente um camelo, depois de muitos puxões e empurrões; outros admitem que a expressão camelo, que no grego representa uma pequena modificação de "Kamelos" para "Kamilos", trata de uma corda grossa ou um cabo, mas isso só diminuiu a impossibilidade do ato. Todavia, o grego de Mateus 19.24 e de Marcos 10.25 fala de uma agulha usada com linha, enquanto que o de Lucas 18.25 usa o termo médico que indicava uma agulha usada nas operações cirúrgicas. É evidente que ali não é considerada nenhuma portinhola, mas sim, o pequenino buraco de uma agulha de costura. Provavelmente era um provérbio incomum para ilustrar coisas impossíveis. O Talmude fala por duas vezes de um elefante para o qual é impossível passar pelo buraco de uma agulha. Por conseguinte, quem quer que ame as riquezas, a ponto de isso impedi-lo de confiar em Jesus Cristo como Salvador, está na impossibilidade de ser salvo.

Em resposta à pergunta feita pelos discípulos: "Então quem pode ser salvo?" Jesus respondeu: "Os impossíveis dos homens são possíveis para Deus", Lc 18.27. Nessa frase, as palavras "dos" e "para" são uma só no original, cujo sentido literal é "ao lado". Tome-se o lado do homem, na questão das riquezas, e torna-se-á impossível a salvação. Porém, tome-se o lado de Deus sobre a questão e a impossibilidade anterior se transformará em possibilidade.

O TEMPO DA ESPERA.

"Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do senhor se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá.” (1Sm. 16.13) .

A ansiedade é uma angústia, uma incerteza aflitiva, um mal que nos destrói pouco a pouco, dia após dia. Vemos no livro de primeiro Samuel o episódio da unção do jovem Davi a rei de Israel.

Davi não alcançou o reinado de sua nação logo após sua unção, houve um tempo de espera, tempo este que não foi pequeno, muitos anos se passaram, muitas situações aconteceram na vida daquele jovem, até que ele chegasse ao lugar para o qual Deus o havia ungido. Deus, em sua eterna sabedoria e grandeza, projetou um propósito definido para cada um de nós. Não nascemos sem que já de antemão Deus tivesse em sua mente infinita um caminho perfeito para nós.

Os anos passam, nossa vida se desenvolve e nós conhecemos ao Senhor. Muitos em sua adolescência, como Davi, são ungidos para serem ministros de Deus. Recebem palavras proféticas e naquela direção sua vida começa a seguir. Começam a liderar trabalhos na casa do Senhor com os adolescentes, jovens, ministérios de música etc... Muitos quando terminam os seus estudos no ensino médio, rapidamente se matriculam nas escolas teológicas e acham estar fazendo tudo certinho, que será apenas uma questão de cronômetro humano a conclusão do curso, que o levará ao lugar que Deus preparou para cada um.

Mas nos enganamos, o tempo de Deus para nossa vida não é medido pela mente humana ou pelas circunstâncias preparatórias para o ministério. Todo preparo e estudo são válidos, mas não são eles que vão determinar o cumprimento do plano de Deus em nossa vida.

Como vimos no texto de primeiro Samuel, Davi foi ungido na casa de seu pai Jessé. Após sua unção, situações começaram a acontecer, mas Davi guardou em seu coração a palavra de Deus que lhe fora dada através do profeta. Teve uma postura de esperança guardada em paz, e foi esta esperança em paz que o capacitou a esperar todos aqueles anos para que chegasse ao reinado de Israel.

Quantas vezes nós recebemos palavras claras de Deus, e após isso começamos a mexer “nossos pauzinhos” para que a profecia se cumpra em nossa vida.

Amados, o tempo da espera é um tempo maravilhoso. É tempo de deixarmos Deus agir endireitando nossa vereda. Não devemos estar ansiosos, procurarmos lugares ou situações nas quais possamos dar uma “forcinha” para Deus. Ele não precisa da nossa mão para estabelecer em nossa vida aquilo que ele preparou para nós em sua eternidade. Deus precisa apenas do nosso coração contrito em sua presença, esperando em fé.

O que Deus prometeu para sua vida isso ele cumprirá.

“Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo.” (F. 1.6).

Não desprezemos o tempo da espera. Se hoje você está apenas sentado no banco de sua igreja... esperando, não desanime. Analise todas as situações de sua vida, pois em cada uma delas Deus o está ensinando para algo que vai chegar em suas mãos, e nunca mais será tirado. Pois ele não quer dar a você uma circunstância, mas sim um ministério que não depende de lugar ou momento. Lembre-se: o sonho, antes de ser seu, é dele. Sábio você será se discernir o tempo e o modo de tudo acontecer.Deus nos abençoe nesse maravilhoso tempo de espera.


A GRAÇA DA GARÇA . A ARTE DE VIVER EM MEIO A LAMA SEM SUJAR AS VESTES.




A graça da garça - letra
A graça da garça.

A arte de viver em meio a lama sem sujar as vestes


A paz do Senhor, agradeço pela rica oportunidade pois o momento é oportuno pra que alguém fale a verdade.

O Espírito Santo toma o meu ser e guia a ponta da pena, eu já começo a receber a luz do grande Estratagema.

Entrego todo o meu ser e toda minha premissa, então começa a nascer fome e sede de justiça.

Crescemos acreditando em alguns personagens dos púlpitos, mas descobrimos que alguns da liga da justiça eram corruptos, mas ai de nós que temos espírito de ousadia, no mínimo dirão que é espírito de rebeldia.

Deus tem o Espírito Santo, o Diabo espírito imundo, os homens criaram espírito de rebeldia pra manter nosso espírito mudo.


shhh, calado! Nem pense em fazer cara feia.

É melhor não discordar se quiser participar da ceia.

Eu vim pra fazer graça, mas não sorria porque é sério, foi fazendo essa mesma graça que morreu Martin Lutero.

Nossos teólogos respondem perguntas que ninguém fez, nossos representantes são servos submissos da altivez, eu prefiro seguir ao Mestre que nos ensinou a lição: "Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração".


E os programas de TV que eram pra pregar salvação estão fazendo propaganda de igreja e divulgação de livros e revistas, cds e dvds e transformando o servo humilde em um fantoche em seus porquês.

Cadê a pregação da cruz? pegaram emprestado como emblema o nome do nosso Senhor Jesus, mas quando forem aplaudidos pensando que se deram bem... não se esqueça que Deus não divide sua glória com ninguém.


A graça da garça.

A arte de viver em meio a lama sem sujar as vestes.


Num país onde nosso futuro dorme em baixo de viadutos com

frio, febre e fome, infelizes mentes de adultos,

os nossos profetas diriam: "Eis que também não vivem na luz"

E eu te pergunto no evangelho o que diria Jesus?

O Filho do homem não tem lugar pra reclinar a cabeça,

alguém me explique este evangelho antes que eu enlouqueça!
Qual evangelho está certo? O de Jesus ou o da igreja?

Me explique irmão! Porque esta expressão de surpresa?

Vejo que não é o mesmo evangelho, conquanto,

nos ensinam a chamar nossas culpas de Espírito Santo.


Porque as mulheres que por Jesus foram perdoadas

hoje por nós são vitimadas, julgadas e apedrejadas?

Por que o confesso é excluído? Por que o possesso é incluído?

Por que os que foram injustiçados sempre fecham comigo?

Por que os que cobrem seus pecados são chamados de amigo

enquanto o confesso que pede perdão é humilhado e banido?


Eles bradam arrependei-vos sem arrependimento,

depois que conheceram as riquezas já não pregam o arrebatamento.

Não acho ruim ter mansão, nem carro nem condição,

nem lancha, nem ter dinheiro, nem jato nem avião.

Só digo uma coisa meu irmão, melhor prestar atenção:

"onde estiver seu tesouro estará também o coração."


Os nossos levitas fazem show, sua fama é um mundo ilusório,

já não existe adorador, só animador de auditório.

Viram? Eles já não levam mais a arca da aliança

porque são carregados por um bando de seguranças.

Deus vê todas as coisas, nada lhe é oculto nas cidades,

mas ainda procura quem o adore em espírito e em verdade.


E a nossa fé a cada dia vai descendo ao declive,

Deus destruiu Sodoma e Gomorra mas o seu espírito ainda vive:

Quem não tem carro e dinheiro tem encosto,

quem tem bens, ações e milhões paga o imposto,

me diga, esse é o evangelho por Jesus Cristo proposto?


Porque o antigo brilho no olhar já não está no seu rosto?

Eles bradam como João Batista e são mestres,

mas ninguém fica no deserto comendo gafanhoto e mel silvestre.

Terno de microfibra, sapato italiano modelo,

mas ninguém quer ficar no sol vestindo pele se camelo.

Numa coisa eles imitam a João Batista, reconheça,

receberam a missão de acabar perdendo a cabeça.

Loucos! E se hoje te pedirem a tua alma?

Louco! Pra que te servirá todas as palmas?
Louco! Se a selva de concreto se tornou tua mansão

não se esqueça que nela Deus soltou seu filho o Leão.


A graça da garça.

A arte de viver em meio á lama sem sujar as vestes.


Mas quem tem fome e sede de justiça farto será!

Eles falam em línguas estranhas o que eu faço é interpretar.

Ela desce a minha face, as vezes mais quente que o magma,

eu interpreto língua estranha por que Deus interpretou minhas lágrimas.


Arrependa-se, não viva mais uma vida de farsa,

não deixe Satanás sorrir do que você chama de graça.

Nós não precisamos de saquinho de sal pra apaziguar nossa guerra,

nós somos a luz do mundo, nós somos o sal da terra!

Nós não precisamos de pedrinha de Israel

porque temos a pedra de esquina chamada Deus Emanuel!

Eu não quero pão de Jerusalém, nem mesmo água ungida,

Já bebi águas vivas, já comi o pão da vida!

Eu não creio em oração poderosa, dela eu tenho aversão,

Eu creio num Deus poderoso que ouve a minha oração!

Eu pensei que eles não me aceitavam por causa do ritmo,

mas agora sei que não me aceitam porque eu prego o evangelho legítimo.


Mas como foi escrito nos tempos remotos da antiguidade:

Que eles rangeriam os dentes ao ouvir a verdade.

Enfim no grande dia em que Deus mostrar seu poder,

verá que o evangelho fez graça, mas nunca brincou com você!


A graça da garça.

A arte de viver em meio a lama sem sujar as vestes.


Estratagema de Deus - RAP "A graça da garça" recitado pelo Missionário Raner na gravação do DVD - RAP ACÚSTICO: JESUS FAZIA ISSO - Pr. Paulinho e DJ Fanni.

ABORTO - Todos os candidatos do PT são a favor? Confira

*

"O PT é favorável à legalização do aborto, de qualquer aborto? É!!! Foi uma decisão tomada no 3º Congresso do partido. E todos os seus membros, o que inclui a candidata do partido à Presidência, Dilma Rousseff, estão obrigados a seguir essa orientação e a lutar para torná-la uma realidade. E é o que o partido e ela própria vêm fazendo, temos de admitir (são coerentes!), embora, na boca da urna, tentem fingir que não. O Programa Nacional (Socialista) dos Direitos Humanos, que ganhou forma final da Casa Civil, então comandada por Dilma, incluiu a legalização do aborto como meta a ser atingida e, pasmem!, como um direito humano. A própria candidata concedeu entrevistas em que defendeu essa idéia. Na boca da urna, o discurso assumiu um tom ambíguo, mas que se destaque: até agora, Dilma não se disse contrária à legalização".

ESCUTE A VOZ DA EXPERIÊNCIA:

Não seja egoísta, não fale alto, não humilhe ninguém...
Todo mundo acaba assim!!!



TER RELIGIÃO OU TER JESUS ?


Vamos tentar aqui esclarecer o que significa ter uma reli
gião, ou mais precisamente, ser uma pessoa religiosa. Antes de mais nada, informamos algo aqui muito interessante: quando Jesus esteve aqui em carne e osso, já existia no mundo de então, mais de trezentas religiões e seitas. E as que existiam nos locais onde o Mestre pisou, todas elas tentaram ser uma pedra de tropeço para Jesus (fariseus, saduceus, zelotes, herodianos etc). Ou seja, todas elas somente quiseram atrapalhar a obra salvítica que Ele veio realizar.
Para falar a verdade, elas não diferem em nada das muitas religiões que conhecemos hoje (mesmo algumas quase se auto-denominam cristãs). Ainda vemos muitos "fariseus" (que virou sinônimo de hipócrita) modernos metidos a cumpridores de lei se auto-justificando por aí. São chamados também de sepulcros caiados.

E no que deu tanta religiosidade, tanto zelo? No maior de todos os crimes já perpetrados pela humanidade a umhomem justo: a morte por crucificação, que era dada na época somente aos piores criminosos e monstros.Mataram o Autor da vida, justamente Aquele que nos viera mostrar o caminho para o Céu, um caminho diferente esimples, apenas apertado e estreito, do qual tentamos nos desviar de todas as maneiras por causa de nossa religiosidade.

Preferimos sempre escolher outro caminho, o nosso próprio caminho, o caminho da auto-justificação, do auto-conhecimento, do auto-renascimento, do auto-aperfeiçoamento, tudo à nossa própria maneira, para depois ainda pensarmos que somos os mais sabidões.

Vejamos o que diz a Palavra de Deus a respeito disso: Todavia, falamos sabedoria entre os perfeitos; não porém a sabedoria deste mundo, nem dos intelectuais deste mundo, que se aniquilam; mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; a qual nenhum dos intelectuais deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca teriam crucificado o Senhor da glória (1Cor 2.6-8).

Na verdade, Jesus em nenhuma parte da Bíblia diz que Ele é a religião que devemos seguir. Vemos sempre Ele afirmando que é O CAMINHO, A PORTA, A RESSURREIÇÃO, A VIDA, O BOM PASTOR, entre tantas alegorias por Ele pronunciadas, para nos dar a entender que fora dEle não há outro, nem outra solução para o problema do pecado do homem que precisa ser resolvido diante de Deus. Jesus é o Criador, o resto é criatura.

Por isso, se somos do tipo que vive se desculpando e se retraindo para poder afirmar: Eu já tenho a minha religião, estamos cometendo um grande equívoco que pode custar toda uma eternidade. Jesus não está oferecendo a nós mais uma religião, mas nos dando gratuitamente a salvação com garantia de uma vida abundante aqui e agora e eternamente.


Se pararmos para pensar um pouquinho veremos que isso não existe em nenhuma religião do mundo e nunca houve. Jesus não nos diz que precisamos nascer e renascer em vários corpos por uma infinidade de vezes para que sejamos perfeitos. Isso é uma velha invenção do capeta que tem enganado a muitos que não examinam as Escriituras.

Ora, ora, não vamos morrer com a nossa religião (porque meu pai, meu avô, meu bisavô, meu tataravô era assim), mas vamos verificar a veracidade do que nos diz o Senhor Jesus. Não nos custa nada.

Por que deveríamos morrer na ignorância? Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará (João 8:32).

Por que não ser libertado pelo Rei Jesus? Ora, não vamos cometer também o mesmo engano dos fariseus que disseram a Jesus: Nunca fomos escravos de ninguém (João 8.33). Eles que já tinham sido escravos dos babilônios, dos persas, dos gregos, e agora eram escravos dos romanos.

Mas não era desse tipo de liberdade que Jesus falava (e nos fala agora), mas da liberdade do espírito. Essa, para quem não sabe, é a verdadeira liberdade.

Não vamos nos enganar: quem não serve a Jesus, serve ao diabo. Não há outra opção. Nem existe essa coisa de neutralidade e muito menos de "ficar em cima do muro".

Deixem de pregar religiões, pregam igrejas criadas por homens, o ensinamento de Jesus foi para que pregássemos o Evangelho, mas ao invés disto os homens se preocupam em construir templos e se orgulham disto. Jesus está voltando e todas essas construções virarão pó e a religiosidade para nada servirá, as doutrinas criadas dentro das denominações são inventadas pelos homens que querem poder. Na verdade deveriam ler a Bíblia, conhecer a Palavra de Deus e sair pelo mundo pregando o Evangelho da Salvação.

E aí? Será que devemos optar pela nossa religião ? Será que devemos ficar com a tradição que nossos pais nos legaram? Ou será que o ensinamento de nossos antepassados é mais importante que o ensino do Autor da vida?

Oh, amigo, vamos deixar essa nossa religiosidade hipócrita de lado e vamos seguir apenas a Jesus, pois fora dEle não há a menor possibilidade de sermos salvos (Atos 4.12). Existem dezenas de religiões, mas só há um CAMINHO e este Caminho é o SENHOR JESUS. A Igreja de Cristo, a Noiva, não faz parte de denominação alguma, a IGREJA DE CRISTO É ESPIRITUAL.

Senhor Jesus, para quem iremos nós? Só tu tens as palavras da vida eterna (João 6.68).

PENSE NISSO 112

Se alguém quer ser justo demais, acaba sendo legalista, e sendo legalista, perde de vista a graça e a misericórdia.

PERDOAR SEMPRE

“Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dele, lançaram sortes.” (Lucas 23.34)
Por onde passava, as multidões O buscavam para estarem com Ele, ouvirem seus ensinamentos e se admirarem com as maravilhas que Deus operava por Seu intermédio.
Foram três anos e meio que a humanidade nunca mais esqueceu.
Uns o amavam e não queriam se distanciar de sua presença, outros, ao contrário, o odiavam e queriam matá-lo a qualquer preço. Realmente, Ele nunca foi unanimidade.
Os pobres, os coxos, os aleijados, as prostitutas e os pecadores simplesmente queriam estar com ele, não importando o local ou ainda se tinham ou não alimento para se manterem ouvindo suas palavras e sendo amados por Ele. Em contrapartida, os poderosos, os religiosos e os principais da sociedade não queriam estar nem um minuto ao seu lado, pois lhes parecia que suas palavras e atitudes constantemente os condenavam.
Jesus viveu esse paradoxo. Amor e ódio sempre estiveram presentes ao longo de sua curta, mas expressiva vida entre nós.
Quando foi preso e caminhava para ser crucificado, talvez muitos daqueles que antes queriam estar com ele, agora lhe davam as costas. Seus discípulos se foram assim como as multidões que foram alimentadas e curadas por Ele. Pedro, o futuro pescador de almas, por três vezes o negara, com receio de ser condenado juntamente com ele.
Naquele percurso até o Gólgota ele pôde sentir todo o ódio e o desprezo que seus irmãos lhe devotavam e, sem nenhum tipo de misericórdia, pregaram suas mãos e pés no madeiro e o levantaram para que morresse como um malfeitor.
Seu crime? Amou ao mundo de tal maneira que aceitou se entregar para morrer pelos pecados de todos aqueles que não apenas o condenaram, mas abandonando-o escarneciam e cuspiam-lhe no rosto.
Aos olhos de muitos de nós, Ele tinha todo o direito de desejar a morte daqueles que o ofendiam. Bastava pedir ao Pai e Ele exterminaria a todos, mas ao contrário das expectativas daqueles que presenciavam aquele triste momento, Ele levantou os olhos aos céus e pediu ao Pai para que os perdoasse porque eles não sabiam o que estavam fazendo.
Olhando para Jesus naquele momento, muitos de nós podemos nos identificar com aqueles que o crucificavam e perguntar a nós mesmos que fim merecemos quando tratamos com ódio e indiferença os nossos irmãos quer eles pensem ou não como nós, quer professem ou não a mesma fé que professamos, a morte ou o perdão por parte de nossos semelhantes?
Hoje em dia o que mais se ouve nos lábios dos seres humanos espalhados por toda a face da terra é o grito de agonia e o clamor por justiça. Não a justiça divina, que diz que devemos descansar em Deus e confiar que Ele fará o que deve ser feito em relação ao problema ou aos envolvidos, mas a nossa própria justiça que visa sempre o nosso bem estar. Ainda somos muito falhos em diversas áreas de nossas vidas e por essa razão, não raras vezes, legislamos em causa própria.
Jesus nos ensinou naquele momento de dor e abandono que devemos procurar de todas as formas os meios e as razões para perdoar aqueles que nos ofendem e oprimem. Não importa o conceito que o mundo tem acerca de como se praticar a justiça. As leis humanas são elaboradas por seres humanos e por essa razão sujeitas a falhas muitas vezes difíceis de corrigir e longe de serem consideradas justas. O amor estanca o ódio. O ódio é semelhante a uma flor que necessita ser irrigada regularmente para crescer. Se a deixamos sem água ela perece e para nada serve.
Alguns podem não acreditar e continuar espalhando ódio e sentimentos de vingança por onde passam, mas nós que somos os mensageiros da paz e da misericórdia que há em Jesus Cristo, não podemos agir assim e por essa razão, que faz toda a diferença no mundo em que vivemos, busquemos ao Senhor e peçamos forças e entendimento para espelharmos o perdão e o amor por onde quer que passemos.
Disse João em sua primeira Carta:
“Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado. Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele, em nós: em que nos deu do seu Espírito.” (1 Jo 4.8-13)
Quem ama perdoa e auxilia no crescimento do próximo, fazendo com que as relações humanas se aproximem cada vez mais do modelo proposto pelo Senhor.
Sempre juntos em Jesus.

JESUS É SUPERIOR A QUALQUER TANQUE OU LUGAR.

Melhor que o Tanque! “Respondeu-lhe o enfermo: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.” (João 5:7) Não tenho nada contra o tanque de Betesda. Ele representava o lugar da cura, da renovação, do conserto. Mas é preciso sempre lembrar que o tanque em si não fazia nada, tanto é que um anjo tinha de agitar as águas de tempos em tempos, sem o que a cura não acontecia. Assim igualmente em nossos dias, os lugares têm sido procurados por serem lugares de cura. É um monte para orar, é uma igreja para receber oração, é um ministério para ser abençoado. Tire as pessoas que carregam a bênção de Deus daquele lugar “FÍSICO” e o que sobra: tijolos, cimento, pedras, aço, vidros… O Senhor Jesus de Nazaré é mais do que o anjo do tanque de Betesda. Ele curou pessoas como este homem, ao pé de onde os milagres fluíam, mas também curou nos becos, nas casas e nas praças dos vilarejos. Ele curou este homem que depois de 38 anos persistia sem ser assistido, mas poderia ter feito isso em qualquer outro lugar.

Cura Interior É Decisão!

Cura Interior É Decisão!


“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. (2 Coríntios 5:17)
O espírito do homem é recriado no momento em que aceita Cristo como único e suficiente salvador. Ocorre um novo nascimento e Deus começa a habitar no homem por intermédio do Espírito Santo. À medida que se envolve com Deus através da adoração e oração o espírito do homem vai se desenvolvendo, recebendo mais do Pai, vem o batismo com o Espírito Santo, os dons espirituais dependem de quem mais busca, mais recebe.

A Palavra nos afirma que “O mesmo Deus da paz vos santifica em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda do nosso Senhor Jesus Cristo”. (1 Tessalonicenses 5:23)
O homem é um ser trino, somos um espírito, possuímos uma alma e habitamos em um corpo. O espírito é recriado instantaneamente, a alma não, é a sede das emoções, onde estão armazenadas memórias de uma vida inteira.

Algumas pessoas quando vem para Cristo não conseguem romper no seu ministério, na vida pessoal, nos relacionamentos, e vivem como se estivessem atadas, presas. E realmente estão! Presas ao passado, não há como avançar se existem pendências que amarram. Estas estão armazenadas na alma, nos sentimentos.

O homem se torna livre no espírito, porém, preso pela mente. É necessário a renovação da mente por intermédio de Cristo. Uma mente escrava do passado impede qualquer conquista, estagna ministério e o homem se torna um sugador no lugar de abençoador.
Muitos relacionamentos estão abalados porque uma das partes busca o suprimento para suas feridas no outro. Entenda uma coisa, ninguém é capaz de suprir as necessidades de uma alma ferida, é necessário buscar a cura interior. O vazio que existe em você só pode ser suprido pela presença do Grande Eu Sou e pela cura das suas emoções.

Existem doenças chamadas psicossomáticas. Estas têm componentes psíquicos, são a manifestação de enfermidades ocasionadas por problemas emocionais. A alma doente por um estado de não perdão somatiza no corpo suas feridas. Pesar, tristeza, raiva e vingança são sentimentos que vieram pela falta de liberação do perdão. Perdoar dissolve o ressentimento. O Câncer é um exemplo disso, muitas vezes causado por mágoa profunda e tristeza mantida por muito tempo.

É necessário detectar a enfermidade da alma e submeter-se à cura interior. É indispensável liberar perdão, resolver o problema para receber uma mentalidade livre.
Ninguém na terra tem um pai biológico perfeito, porque não existe. Se seus pais não foram os melhores é porque faltou-lhes instrução. Muitos filhos carregam marcas na alma por palavras violentas liberadas pelos próprios pais que demoliram suas estruturas emocionais. Porém existe um Pai perfeito que nos ama (Salmo 27:10 Porque, se o meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me acolherá). Ele pode libertar e curar. Não há nada que Deus não possa resolver, não há impossível para Ele.

Cura interior é uma decisão, decida receber cura e seja livre! Não se deixe dominar pelas suas emoções, seja direcionado pelo Espírito de Deus. Libere o perdão, e mesmo que no começo seja difícil, não desista, faça um esforço e o Senhor te ajudará. Tenha coragem de se auto esvaziar, menos de você e mais de Deus.

O inimigo de nossas almas intenta nos ferir e nos destruir diariamente por intermédio de traumas, pela falta do perdão, mas nós podemos surpreender, temos o caminho. Por Jesus nosso salvador e libertador. Em Cristo tudo se faz novo! Escolha ter uma mente restaurada. Decida por você!

Pensamento





“Se não tornarmos clara nossa posição, com palavras e obras, em favor da verdade e contra as falsas doutrinas, estaremos edificando um muro entre a próxima geração e o evangelho."

(Francis Schaeffer)
Poderá também gostar de:

Saiba como morreram os apóstolos


O martírio dos apóstolos foi anunciado por Jesus:

"Por isso, diz também a sabedoria de Deus: profetas e apóstolos lhes mandarei; e eles matarão uns e perseguirão outros" (Lc 11.49).
"E até pelos pais, e irmãos, e parentes, e amigos sereis entregues; e matarão alguns de vós. E de todos sereis odiados por causa do meu nome" (Lc 21.16-17).
Esta palavra diz respeito, também, aos crentes de um modo geral. Ainda hoje, anualmente, milhares são martirizados em todo o mundo.
"Se a mim me perseguiram também vos perseguirão a vós... mas tudo isso vos farão por causa do meu nome" (Jo 15.19-20).

"Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos...eles vos entregarão aos sinédrios e vos açoitarão nas suas sinagogas, e sereis conduzidos à presença dos governadores e dos reis, por causa de mim..." (Mt 10.16-18).

Com relação aos sofrimentos e martírio de Paulo, Jesus revelou:

“Eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome" (At 9.16).

O Evangelho pregado em nossas igrejas inclui a possibilidade de sofrimento por amor a Cristo. Ou anunciamos somente prosperidade, fartura, longevidade e saúde? Vejamos como os apóstolos morreram:

ANDRÉ - Foi discípulo de João Batista, de quem ouviu a seguinte afirmação sobre Jesus: "Eis aqui o Cordeiro de Deus". André comunicou as boas notícias ao seu irmão Simão Pedro: "Achamos o Messias" (Jo 1.35-42; Mt 10.2). O lugar do seu martírio foi em Acaia (província romana que, com a Macedônia, formava a Grécia). Diz a tradição que ele foi amarrado a uma cruz em forma de xis (não foi pregado) para que seu sofrimento se prolongasse.

BARTOLOMEU - Tem sido identificado com Natanael. Natural de Caná de Galiléia. Recebeu de Jesus uma palavra edificante: "Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo" (Mt 10.3; Jo 1.45-47) Exerceu seu ministério na Anatólia, Etiópia, Armênia, Índia e Mesopotâmia, pregando e ensinando. Foi esfolado vivo e crucificado de cabeça para baixo. Outros dizem que teria sido golpeado até a morte.

FILIPE - Natural de Betsaida, cidade de André e Pedro. Um dos primeiros a ser chamado por Jesus, a quem trouxe seu amigo Natanael (Jo 1.43-46). Diz-se que pregou na Frigia e morreu como mártir em Hierápolis.

JOÃO - O apóstolo que recebeu de Jesus a missão de cuidar de Maria. "O discípulo que Jesus amava" (Jo 13.23). Pescador, filho de Zebedeu (Mt 4.21 O único que permaneceu perto da cruz (Jo 19.26-27). O primeiro a crer na ressurreição de Cristo (Jo 20.1-10). A tradição relata que João residiu na região de Éfeso, onde fundou várias igrejas. Na ilha de Patmos, no mar Egeu, para onde foi desterrado, teve as visões referidas no Apocalipse (Ap 1.9). Após sua libertação teria retornado a Éfeso. Teve morte natural com idade de 100 anos.

JUDAS TADEU - Foi quem, na última ceia, perguntou a Jesus: "Senhor, por que te manifestarás a nós e não ao mundo?" (Jo 14:22-23). Nada se sabe da vida de Judas Tadeu depois da ascensão de Jesus. Diz a tradição que pregou o Evangelho na Mesopotâmia, Edessa, Arábia, Síria e também na Pérsia, onde foi martirizado juntamente com Simão, o Zelote.

MATEUS - Filho de Alfeu, e também chamado de Levi. Cobrador de impostos nos domínios de Herodes Antipas, em Cafarnaum (Mc 2.14; Mt 9.9-13; 10.3; At 1.13). Percorreu a Judéia, Etiópia e Pérsia, pregando e ensinando. Há várias versões sobre a sua morte. Teria morrido como mártir na Etiópia.

MATIAS - Escolhido para substituir Judas Iscariotes (At 1.15-26). Diz-se que exerceu seu ministério na Judéia e Macedônia. Teria sido martirizado na Etiópia.

PAULO - Israelita da tribo de Benjamim (Fp 3.5). Natural de Tarso, na Cilícia (hoje Turquia). Nome romano de Saulo, o Apóstolo dos Gentios. De perseguidor de cristãos, passou a pregador do evangelho e perseguido. Realizou três grandes viagens missionárias e fundou várias igrejas. Segundo a tradição, decapitado em Roma, nos tempos de Nero, no ano 67 ou 70 (At 8.3; 13.9; 23.6; 13-20).

PEDRO - Pescador, natural de Betsaida. Confessou que Jesus era "o Cristo, o Filho do Deus vivo" (Mt 16.16). Foi testemunha da Transfiguração (Mt 17.1-4). Seu primeiro sermão foi no dia de Pentecostes. Segunda a tradição, sua crucifixão verificou-se entre os anos 64 e 67, em Roma, por ordem de Nero. Pediu para ser crucificado de cabeça para baixo, por achar-se indigno de morrer na mesma posição de Cristo.

SIMÃO, o Zelote - Dos seus atos como apóstolo nada se sabe. Está incluído na lista dos doze, em Mateus 10.4, Marcos 3.18, Lucas 6.15 e Atos 1.13. Julga-se que morreu crucificado.

TIAGO, O MAIOR - Filho de Zebedeu, irmão do também apóstolo João. Natural de Betsaida da Galiléia, pescador (Mt 4.21; 10.2). Por ordem de Herodes Agripa, foi preso e decapitado em Jerusalém, entre os anos 42 e 44.

TIAGO, O MENOR - Filho de Alfeu (Mt 10.3). Missionário na Palestina e no Egito. Segundo a tradição, martirizado provavelmente no ano 62.

TOMÉ - Só acreditou na ressurreição de Jesus depois que viu as marcas da crucificação (Jo 20.25). Segundo a tradição, sua obra de evangelização se estendeu à Pérsia (Pártia) e Índia. Consta que seu martírio se deu por ordem do rei de Milapura, na cidade indiana de Madras, no ano 53 da era cristã

ALGUÉM ME PERGUNTOU:
Vc TEM ORKUT?
Respondi: SIM.

VC NÃO ACHA QUE O ORKUT,É UM INSTRUMENTO
DO DIABO PARA DESTRUIR OS JOVENS CRISTÃOS, OS CASADOS.?
Respondi: PODE SER.

E concluí com meus argumentos:
O DIABO "sem orkut" Derrubou EVA,
"Sem MSN" Derrubou ACÃ,
"Sem SITES" Derrubou SANSÃO,
"Sem YOUTUBE" Derrubou DAVI.
E continua DERRUBANDO muita gente
com ORKUT ou sem ORKUT.
TUDO DEPENDE DE QUEM USA!

Ainda pergunto:
"E QUEM NÃO TEM ORKUT, NÃO TEM PROBLEMA?"
O DIABO VIVE PREPARANDO ALGO
PARA DERRUBAR O SER HUMANO.
O DIABO CONSEGUE INVENTAR ARMAS
PARA TENTAR NOS DERRUBAR.

FIEL É DEUS, QUE DIZ:
"Nenhuma arma preparada contra ti Prosperará!
DEUS pode transformar um
instrumento de maldição em bênção!
Já percebeu que muitas vezes o homem
transforma um instrumento de
bênção em maldição?
São quase 61 milhões de pessoas,
esperando uma Palavra de VIDA!
Espalhe mensagens de vida!
A VIDA ESTÁ EM JESUS QUE Vc
PODE OFERECER

Posicionamento do Pr. Paschoal Piragine Jr sobre as eleições 2010.

opinião do Pastor Paschoal Piragine Jr - 1ª Igreja Batista de Curitiba

.

Pastor Paschoal Piragine*

Compilação de parte do sermão.

"A Palavra de Deus usa uma expressão, que às vezes a gente lê e não entende muito o sentido dela. A palavra é iniquidade. O que é iniquidade? É quando a gente está tão acostumado ao pecado, que não tem mais vergonha de cometê-lo; e ele passa a ser algo tremendamente natural em nossa vida.

A Bíblia diz que quando a iniquidade chega, o coração do homem estão tão endurecido, que ele não se envergona mais do pecado, não pode reconhecer que determinada ação é pecado, é tempo de Deus julgar a sua terra, o seu povo, uma nação.

É por causa disso que tenho que falar uma coisa que durante os 30 anos do meu ministério eu nunca fiz. Eu completei 30 anos de ministério no dia 08 de agosto. E nestee 30 anos eu nunca fiz o que disse hoje pela manhã e estou dizendo agora à noite.

nunca precisei dizer isto antes. Eu quero dizer para vocês que nós precisamos tomar muito cuidado com essas eleições que vão acontecer. Porque há uma série de leis que estão tramitando que vão depender do voto do deputado federal, que vão depender do voto do senador que vão ser incorporadoas pela ação da máquina estadal através da Presidência da República.

Nós vamos estar votando nessas pessoas no próximo mês que vai também tomar força nas câmaras estaduas nas ações que são feitas através do estado. E nós precisamos de valores cristãos trabalhando nesses contextos. Por causa disso está havendo no Brasil um movimento, que eu faça parte, graças a Deus, de líderes cristãos, de várias denominações evangélicos e católicos que estão trabalhando para impedir que a iniquidade seja institucionalizada na forma de lei.

Por isso alguns pastores têm se posicionado firmimente no rádio e na Televisão com suas Igrejas e também a CNBB - Conferência Nacional de Bispos do Brasil nessa última semana escreveu um documento e publicou e lançou na mão de toda a imprensa se posicionando com relação a este assunto."

Vou pedir que você assista um vídeo de alguns minutos que fala desses problemas: (planejamento de representação política GLTBS, pedofilia, infanticício indígena, legalização do aborto, etc), de como nós precisamos levar isso a sério, por tudo isso que vai passar no vídeo é iniquidade institucionalizada, e nós precisamos nos posicionar e dizer que não queremos isso em nossa nação, e vamosprocurar pessoas que nos representem e dizer que nós queremos votar contra essas coisas, porque caso contrario a iniquidade será oficializada, Deus não terá outra coisa a fazer senão julgar a nossa terra.



SOFRE AS DEMORAS DE DEUS...

"Meu filho, se entrares para o serviço de Deus, permanece firme na justiça e no temor, e prepara a tua alma para a provação; humilha teu coração, espera com paciência, dá ouvidos e acolhe as palavras de sabedoria; não te perturbes no tempo da infelicidade, sofre as demoras de Deus; dedica-te a Deus, espera com paciência, a fim de que no derradeiro momento tua vida se enriqueça.
Aceita tudo o que te acontecer. Na dor, permanece firme; na humilhação, tem paciência.
Pois é pelo fogo que se experimentam o ouro e a prata, e os homens agradáveis a Deus, pelo cadinho da humilhação.
Põe tua confiança em Deus e ele te salvará; orienta bem o teu caminho e espera nele. Conserva o temor dele até na velhice.
Vós, que temeis o Senhor, esperai em sua misericórdia, não vos afasteis dele, para que não caiais; vós, que temeis o Senhor, tende confiança nele, a fim de que não se desvaneça vossa recompensa.
Vós, que temeis o Senhor, esperai nele; sua misericórdia vos será fonte de alegria.
Vós, que temeis o Senhor, amai-o, e vossos corações se encherão de luz.
Considerai, meus filhos, as gerações humanas: sabei que nenhum daqueles que confiavam no Senhor foi confundido.
Pois quem foi abandonado após ter perseverado em seus mandamentos? Quem é aquele cuja oração foi desprezada?
Pois Deus é cheio de bondade e de misericórdia, ele perdoa os pecados no dia da aflição. Ele é o protetor de todos os que verdadeiramente o procuram.
Aqueles que temem ao Senhor guardam os seus mandamentos, têm paciência até que ele lance os olhos sobre eles."

(Eclesiástico 2, 1-13. 21)
Então vê se vigia e se hoje for teu Último Dia?
E de que valeu tanta correria,
nada não valeu de nada.
Pra que tanto dinheiro, não adianta por no bolso do terno.
Eles não aceitam isso lá no inferno,nada isso não vale nada.
Encha o seleiro com ouro prata e dinheiro,
junta grana e capital lá no estrangeiro,
faz seu nome, monta seu império, da rolê de "BM" zero,
Uma duas três motos, vinho caro na adega pra encher vários copos,
mansão com quinze quartos, jet-ski no engate da Cherokee,
cordão de ouro em volta do pescoço,
várias viagens, várias modelos, dentro da hidromassagem.
Quem tem muito tem porque roubou.
se não roubou de mim, é porque seu tataravô roubou meu tataravô
e por isso mesmo ficou.
Ficou nada se for assim cadê à justiça do Deus do Céu?
Rico mesquinho vai queimar que nem papel,
grana não muda nada, não altera pro Criador.
Dinheiro move o mundo mais não move quem o criou.
Então vê se vigia e se hoje for teu Último Dia?
E de que valeu tanta correria,
nada não valeu de nada.
Pra que tanto dinheiro, não adianta por no bolso do terno.
Eles não aceitam isso lá no inferno,nada isso não vale nada.
Debaixo do colchão, ou num paraíso fiscal,
Tenho um pouco lá no porão,
Você acha que tudo isso é normal,
Afinal você pensa grana nunca é demais,
Ela trás muita segurança ela alcança glória, status, fama e poder,
Se para isso acontecer, alguém tiver que morrer, você diz: - Antes ele do que eu cuido do que é meu.
E foi pro saco, é só mais um,
Na tua frente eu sei que não sobra nenhum,
Ninguém fica vivo pra conta história,
Vira só mais um fantasma na memória.
E se eu te disser que agora o seu tempo acabou
Tua vida foi pesada na balança,
Todos que roubou todos que matou, quem você pisou,
Pra chegar onde queria (você sabia),
Você ainda vai provar um paletó de madeira
Choram no velório a noite inteira
Seus amigos sua família você não vai ver
Aonde estará quando tudo isso acontecer?
(fim de jogo, negô).
Agora de joelho se arrependa do mal que fez
Se for sincero, Deus te ouvirá por mais uma vez
Caso contrario a justiça tem fome.
O inferno chama o teu nome.
Então vê se vigia e se hoje for teu Último Dia?
E de que valeu tanta correria,
nada não valeu de nada.
Pra que tanto dinheiro, não adianta por no bolso do terno.
Eles não aceitam isso lá no inferno,nada isso não vale nada.
Se a raiz de todos os males cresceu e virou arvore ingrata,
Vai dar fruto amargo que não vai servir pra nada,
E arvore que não produz nada vira lenha,
Só serve pra queimar e vira cinza na fogueira.
A grandeza de um homem
Se mede pela humildade, pela verdade, pela sinceridade,
Pela submissão ao Deus de verdade,
Então ajoelha ora respeita,
Pede licença pra entrar na casa do Rei,
Tira o sapato para não sujar a casa do Rei,
Fica descalço pra pisar no chão do Rei,
Quem quer muita riqueza acaba ficando sem.
Perde a paz os amigos, e fica sem ninguém,
Troca a alma por um milhão em nota de cem,
Virou refém do próprio egoísmo,
Caiu dando risada no abismo, achou que tava no lucro saiu no prejuízo


Salmo 23 | Explicado



O Senhor é o meu Pastor,
Isto é relacionamento!

Nada me faltará.
Isto é suprimento!

Caminhar me faz por verdes pastos,
Isto é descanso!

Guia-me mansamente a águas tranqüilas.
Isto é refrigério!

Refrigera a minha alma.
Isto é cura!

Guia–me pelas veredas da justiça,
Isto é direção!

Por amor do Seu nome.
Isto é propósito!

Ainda que eu caminhasse pelo vale das sombras da morte,
Isto é provação!

Eu não temeria mal algum,
Isto é proteção!

Porque Tu estás comigo,
Isto é fidelidade!

A tua vara e o teu cajado me consolam.
Isto é disciplina!

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos.
Isto é esperança!

Unge a minha cabeça com óleo
Isto é consagração!

e meu cálice transborda.
Isto é abundância!

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias de minha vida
Isto é bênção!

E eu habitarei a casa do Senhor
Isto é segurança!

Por longos dias.
Isto é eternidade!

A Lei da Fé

img

Deus criou o ser humano livre. Livre para fazer de sua vida o que bem quiser, inclusive amar, odiar, aceitar ou rejeitar a Deus como Senhor.

Ele também deu ao homem poder para gerar filhos e sentir na pele o que Ele tem sentido em relação à humanidade. Se os pais gemem quando veem seus filhos desobedientes e rebeldes, imagine o Criador!

Todavia, a liberdade tem sido uma faca de dois gumes: serve para optar pela vida ou morte eterna. Vai depender da cabeça de cada um.

Como fazer a escolha que combine com a de Deus e produzir vida com qualidade eterna? Como reagir diante dos desafios enfrentados no dia a dia? Como superar dificuldades contando com o auxílio Divino? Como saber se estamos na direção certa?

É aí que entra a Lei da Fé sobrenatural. Esta tem sido a Voz de Deus no interior dos Seus fiéis seguidores. Essa voz não permite que a dúvida aprisione a liberdade da livre escolha. Nem inibe o prazer de viver a plenitude da vida.

Quantos têm sido privados do prazer da vida abundante, devido às doutrinas humanas impostas em “nome de Deus”? Ou até mesmo por má interpretação bíblica? Quantos têm confundido costumes e tradições com doutrinas apostólicas?

A Voz de Deus – a fé – lança fora os medos e libera a escolha que se ajuste com a vontade Divina. Por conta disso, está escrito que o justo viverá pela sua fé (Habacuque 2:4). É daí que vem a qualidade de vida.

A voz da fé é a Voz de Deus. Siga-a e não se deixe levar pela fé alheia.

IMAGINE O QUE DEUS NÃO PODE FAZER POR VOÇÊ

A vida dá muitas voltas

Há 21 anos, na casa de uma tia, na África.

image001

image002

De uma humilde salinha de madeira para

a sala mais poderosa do mundo.

image003

As atitudes movem as pessoas por qualquer caminho.

Nunca devemos desistir, mas sim lutar diariamente por

tudo aquilo que mais queremos.

Agora, imagine você que conhece o DEUS

Todo-Poderoso-de-Israel?
Onde você pode chegar?