CEGO E MENDINGO SIM MAIS COVARDE NÃO...


Todo covarde morre cedo

A covardia é o sen-timento mais repugnante que um ser humano pode ter. Vemos no texto bíblico acima a história de Bartimeu, um homem que, além de cego, era mendigo. Quando ele ouviu falar que Jesus estava passando por perto, começou a gritar pedindo ajuda ao Senhor. Muitos o repreendiam e mandavam-no ficar quieto, mas ele gritava ainda mais. Jesus, vendo a fé ousada e corajosa, curou aquele homem da cegueira.

Se Bartimeu tivesse se deixado levar pela opinião da multidão que o mandava parar de gritar, teria morrido cego e mendigo. Mas quando ele foi contra a multidão e perseverou em clamar ele estava mostrando que era cego e mendigo, mas não covarde.

Todo covarde morre cego, pois a covardia tira a visão das pessoas e as impedem de arriscar, automaticamente também as impedem de verem seus sonhos realizados, sendo assim, todo covarde também é cego, porque jamais verá vi-tórias em sua vida. Quantas são as pessoas que já eram para estarem muito além na vida e não estão por falta de coragem.

Deus quer um po-vo ousado e valente, vivemos numa época em que Deus está empurrando o povo do Ministério Mudança de Vida para vencer. Temos que entender que Deus não vai descer do céu e fazer a nossa parte, Ele vai fazer o impossível, mas o possível cabe ao ser humano fazer. Na verdade, a covardia está no caráter de uma pessoa, por isso só há um meio de vencê-la: através de uma renovação mental.

Fazer a vontade de Deus é ser inteligente, porém muitos sabem o que Deus espera deles e, mesmo assim, não o fazem. Saber o que é certo e não fazer é o pior ato de covardia que existe.

Todo vencedor teve que arriscar um dia. Em liderança não existe risco zero, às vezes temos que ignorar o medo de errar e entender que só erra quem produz, mas só produz quem não tem medo de arriscar. Não estou aqui fazendo uma apologia ao erro, mas dizendo que nunca arriscar nada, pode significar estar arriscando tudo.

Caro leitor, faça uso da coragem que Deus te dá e insista como o cego Bartimeu, ignore os gritos da platéia e insista em algo que somente você acredita. Seja você mesmo, seja livre do pensamento que te leva a se preocupar com o que os outros vão pensar. Se você tem a consciência de que está fazendo a vontade de Deus, não se preocupe em agradar a homens. Deus espera um povo corajoso e que tenha personalidade e pode ter certeza de que, nesta sinceridade, Deus vai fazer o seu trabalho prosperar.

Na vida, ou você é a presa ou é o predador, o mais forte sempre pre-valece. Sabendo que a força deve estar unida à inteligência, pois uma pessoa pode até ter força, mas se não tiver inteligência, ela se torna fraca. É preciso estar focado e ter disposição para fazer as coisas a-contecerem. Mesmo que seja algo que pareça difícil, a gente aprende mesmo é fazendo.

Deus está esperando uma atitude de fé ousada para te abençoar. Se você é covarde, seja

corajoso para admitir is-to e mudar. Faça como Bartimeu que foi contra a multidão, lembrando que ser corajoso é ter coragem de fazer aquilo que temos medo.

Um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário