QUANDO DEUS É REAL...

Após meditar nos meios ilícitos que pregadores usam para convencer fieis a doarem até o que não têm para receber bênçãos de prosperidade financeira, elaborei umas frases completando a oração principal 'Quando Deus é Real':

Quando Deus é Real, se o incauto está feliz, leva menos dinheiro para igreja, se precisa dinheiro, leva mais; no final, fica com menos ou nada.

Quando Deus é Real, o avarento encosta Deus no cofre e grita: "Sou teu filho, pow!"

Quando Deus é Real, o interesseiro ergue as mãos para louvar a Deus e nem desconfia que a Bíblia foi usada como um revólver

Quando Deus é Real, o apostador dá o dízimo e as ofertas esperando algo em troca;

Quando Deus é Real, o dinheiro dos fieis se torna o sangue da igreja de Cristo;

Quando Deus é Real, as campanhas multiplicam-se e as igrejas se dividem;

Quando Deus é Real, o trapaceiro poe Jesus no centro, mas de sua conta bancária.

Quando Deus é Real, o dinheiro não tem muita importância, desde que tenhamos de sobra.

Quando Deus é Real, os bolsos do coração se abrem para os bolsos da mente alheia.

Quando Deus é Real, as ovelhas dizimam e são dizimadas.

Quando Deus é Real, o tolo compra sem poder pagar, e contrata Deus para gerenciar sua conta: Deus que se vire

Quando Deus é Real, os otários pagam pedágios para avançar no caminho da vida.

Quando Deus é Real, a boca do pregador e do gasofilácio são maiores.

Quando Deus é Real, os 90% de cada um se tornam o prêmio pelo qual os gananciosos se esticam para alcançar, esquecendo-se de tudo que deixaram para trás.

Quando Deus é Real, o malandro visita mais o maçom do que o convertido.

Quando Deus é Real, o carro do pastor precisa ser importado, e para isso, o nosso dinheiro exportado.

Mas para quem Deus é real, nada mais lindo do que um coração generoso e grato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário