Operação "Mãos Limpas"

Uma das personagens mais intrigantes de William Shakespeare é Lady MacBeth.

Ao ouvir uma profecia que dizia que o seu marido se tornaria rei, ela o convenceu a assassinar o monarca então vigente.

Quando o ato sangrento foi levado a cabo, Macbeth ficou de consciência pesada. A esposa censurou a sua irritabilidade e ajudou-o a encobrir o crime.

O marido foi coroado rei. Mas isso não foi o fim da história. A resolução inicial de Lady MacBeth transformou-se em remorso. Ela tornou-se mentalmente instável e não conseguia parar de lavar as mãos. - Será que estas mãos nunca estarão limpas, perguntava ela. E a sua culpa acabou por levá-la ao suicídio.



A culpa é uma emoção que nos verga sempre que atravessamos uma fronteira moral.

Todos nós somos capazes de nos sentirmos culpados, quando violamos a lei de Deus escrita nos nossos corações (Leia Romanos 2:14-15).

Nenhum comentário:

Postar um comentário